Nosso Amor

abril 14, 2017

NossoAmor

 

Nosso amor é feito de história,
é feito de pele, de emoção …
Acolher-te em meu peito me transforma
Torna-me muito mais do que já fui,
Ou talvez desperte minha própria essência.
Nosso amor é feito de sonhos,
É feito de desejos, de renovação …
Doar-me a ti me faz crescer
Torna-me capaz e audaz,
Ou talvez desperte minha própria força.
Amar-te é manter-me viva
Saber-me amada por ti é ser plena.
És meu destino, aquele que sempre quis
És meu presente e futuro, a eternidade
És a simplicidade do olhar
E a exuberância do arrepiar

És todo o amor que há …

 

Waulena Oliveira

Pela Eternidade …

abril 9, 2017

PelaEternidade

 

 

Haverão outras palavras que expressem esse sentimento ?

A sensação de perder-me ao mergulhar em teus olhos

A sensação de encontrar-me ao segurar tuas mãos

O desejo repentino de aroma de mar, liberdade

O desejo esquecido de sabor de infância, sinceridade

O querer estar cada minuto em tua companhia

O querer ser o som de cada batida em teu coração

Sentir ser impossível seguir qualquer rumo sem ti

Sentir a imortalidade de morrer a cada dia em ti

 

Haverão outras palavras que expressem esse sentimento ?

Não. Haverei de repetir  ‘eu te amo’ por toda a eternidade …

 

 

Waulena Oliveira

Caminhos da Chuva

março 19, 2017

 

chuvanajanela

 

Cai uma chuva fina esta noite

Perco meu olhar na distância

Borrada pela gotas que encharcam os vidros

Como se estivessem brincando de pique

Correm felizes, libertas, cada qual um caminho

Derram-se das nuvens cinzentas

E tornam-se coloridas vertentes

Por instantes o tempo é apenas diversão

Como se a chuva tornasse mais leve o coração

Perdido nas lembranças de um tempo feliz …

 

 

Waulena Oliveira

 

 

 

 

 

Distância

março 1, 2017

distancia-2

 

Longa noite …

Onde te escondes ?

Penso nos sonhos que te embalam

E te fazem esquecer de mim …

 

Quero te amar

Encontrar meu caminho no teu olhar

Tornar-me apenas um contigo

Ser arrepio e suor

Perder-me no momento da tua rendição

Morrer e  renascer em ti …

 

 

Waulena Oliveira

PROMESSA

fevereiro 27, 2017

promessa-4

 

Houve uma vez um momento

Em que meus olhos perderam-se nos teus

Desde então me fiz cativa , vago à ermo

Pelos teus caminhos repletos de amor

 

Houve uma vez um momento

Em que meu coração perdeu-se no teu

Desde então me fiz feitiço, vago à ermo

Pelos caminhos sedentos da tua paixão

 

Houve uma vez um momento

Em que nossas mãos trêmulas uniram-se

E nos tornamos promessas de nós dois –

De vivermos apenas um amor sem fim …

 

 

Waulena Oliveira

Noite Sem Fim

fevereiro 21, 2017

noitesemfim

 

O que se faz com um sonho ?…

O que é um sonho ?…

Uma chance de felicidade ?

Uma esperança ?

Uma ilusão ?

Apenas um sonho …

 

Pedaço de história não contada

Lado oculto da lua nunca visto no céu

Nome impronunciado e sufocado

Miragem de uma noite sem fim …

 

 

Waulena Oliveira

TARDES …

fevereiro 6, 2017

tardes

 

 

Tarde de domingo …

A vitrola toca músicas antigas

todas com cheiro de tempo, sentimentos …
Pensamento voa

sem querer se perde

em imagens esmaecidas

que um dia foram momentos …

 

Tanto eu queria ver teu rosto

nas memórias da vida

Tanto eu queria ver teu rosto

no espelho de cada dia …
Sem licença os olhos choram

soluça o peito

sem saber se pelo tempo perdido

ou pelo que nunca foi …

 

Quisera tanto fosses tu

a minha memória …

 

 

Waulena Oliveira

 

PROMESSA

fevereiro 4, 2017

promessa-3

 

 

Arrebatam –me os pensamentos

A busca desse tempo perdido

Dos caminhos não trilhados

Dos encantos não vividos

Dos sonhos em noites insones

 

Arrebatam-me as imagens de agora

Os olhares profundos

Os desejos aflorados

O amor confessado

A entrega total

 

Arrebata-me toda promessa

Que, em sendo eterna,

Se torna vida …

 

 

Waulena Oliveira

… Me Perdi

janeiro 25, 2017

meperdi

 

Dia desses perdi meus passos em sonhos

Nas nevoentas ações  do tempo que foi

Nas ideias ansiosas do tempo que vem

E de repente não soube mais quem era …

 

Mas no espelho foi tua imagem que vi

Nos olhos  lampejos de tantos versos

Na boca sorrisos de tantas primaveras

E de repente não soube mais quem tu eras …

 

Que sortilégio levara embora minha razão ?

Que feitiço transformara tudo em paixão ?

 

Dia desses descobri que me perdera de vez

Nos distantes caminhos do teu coração

No inebriante som da tua grave voz

E de repente tornei-me parte de ti …

 

Waulena Oliveira

ESPERANÇA

dezembro 30, 2016

esperanca-2

 

 

Queria ser capaz de sonhar

Sonhos de algodão

Cheios de formas e cores

Lembrar cirandas e balões

Balanços e jardins

Queria ser capaz de sonhar

Sonhos de amanhãs

Cheios de planos e desejos

Lembrar do que quis ser

Poesia sem fim

 

 

Waulena Oliveira